AADPortalegre

Associação dos Agricultores do destrito de Portalegre

Avisos

No seguimento dos trabalhos realizados pelo Projecto Extensity, liderado pelo Instituto Superior Técnico, demonstrou-se a eficácia das pastagens permanentes semeadas biodiversas ricas em leguminosas (PPSBRL) no aumento da matéria orgânica do solo e consequente fixação de carbono, surgindo assim a oportunidade de remunerar os agricultores pelo carbono que sequestram nas suas explorações. Recentemente, o Fundo Português de Carbono abriu um concurso público para submissão de projectos com potencial de redução de carbono. A Terraprima-Serviços Ambientais, Lda., como proponente do projecto, encarrega-se de toda a gestão central para pagamento pelo sequestro de carbono nestas pastagens em sequeiro (e eventualmente de regadio).

Assim, os agricultores que procedam à instalação e manutenção destas pastagens terão ao seu dispor um prémio anual pelo sequestro de carbono até 2012.

Este prémio, recebido a partir dos 2 hectares, é acumulável com outros apoios no âmbito do PRODER, nomeadamente apoios ao investimento agrícola e florestal e medidas agro-ambientais, entre outros.

Para receber este prémio, os agricultores terão apenas de cumprir o conjunto de regras técnicas das pastagens (aqui).

Quanto maior for a área total semeada em cada ano, assim também o será o pagamento por hectare a cada agricultor.

Se forem alcançados 21.000 hectares por ano prevêem-se os seguintes pagamentos:

Valores

Nota: os valores indicados nesta tabela são para os três anos.

Os valores máximos por ano são respectivamente 66 e 75€.

São elegíveis todas as PPSBRL a instalar em 2009 e em 2010. O agricultor segue determinadas obrigações (aqui) é, então,
remunerado pelo sequestro, respectivamente, por 3 e 2 anos, tendo que cumprir os requisitos previstos no contrato até 2012. O
valor total do apoio aumenta se mais agricultores aderirem, e poderá no máximo ser de cerca de 200 €/ha (total dos 3 anos) para as pastagens semeadas em 2009 e de 150 €/ha (total dos 2 anos) para as pastagens semeadas em 2010.

De momento, dado que o valor do prémio depende da adesão total, é essencial para a Terraprima conhecer a área prevista a instalar.

Neste momento encontram-se abertas as pré-inscrições. A pré-adesão consiste na sua identificação breve e numa indicação da área que pretende semear de pastagens em 2009 e/ou 2010. Estas pré-adesões não são vinculativas.

Para realizar a sua pré inscrição:

Poderá fazê-lo através do seguinte site